Blog

O uso de máscara e a comunicação

Compartilhe nas redes sociais

Com o advento do Coronavírus o uso de máscara se tornou necessário no dia a dia das pessoas de todo o mundo. Porém, apesar de ser indispensável para a prevenção da Covid-19, esse acessório se tornou um vilão quando o assunto é comunicação.

A máscara abafa o som da voz. Uma dessas simples pode atenuar o som entre 3 e 4 dB e com a máscara N95 essa atenuação pode chegar a 12dB. As frequências mais acometidas estão entre 2000 e 7000Hz que são as mais altas (sons mais finos). Essa questão, associada ao bloqueio visual do movimento da boca impedindo a leitura labial, causa uma dificuldade na compreensão da fala principalmente para as pessoas com perda auditiva.

Outro grupo que deve estar atento ao usar a máscara são os profissionais da voz. Não se engane. Não é só o cantor que é profissional da voz. Qualquer pessoa que precise dela para exercer sua função precisa tomar alguns cuidados para que essa atenuação do som, que nos obriga a fazer mais esforço, não nos leve à fadiga vocal.

Dito isso, dicas importantes tanto para o receptor quando para o emissor da fala são: 

  • Falar mais devagar e bem articulado;
  • Ser mais objetivo evitando frases muito longas;
  • Dar pausas ao falar, coordenando a respiração;
  • Evitar falar alto demais;
  • Tentar ao máximo diminuir o ruído competitivo do ambiente.

Sempre use a máscara, mas fique atento à sua comunicação.

Fonte: Hearing Review. Maio 2020

Menu

Av das Américas, 500 – Bloco 13B – Sala 320 Shopping Downtown
Barra da Tijuca – RJ, 22621-090

© Copyright Clínica Neide Barros 2021. Todos diretos reservados.