Blog

7 dicas para ajudar o aluno TDAH na aprendizagem

Compartilhe nas redes sociais

O aluno com TDAH têm dificuldades em sala de aula e precisa de dicas para ajudar sua aprendizagem. Aqui, vamos apresentar 7.

Primeiramente, é importante lembrar que o TDAH é um dos transtornos do neurodesenvolvimento mais conhecidos da infância. 

Isso ocorre devido à baixa concentração de dopamina e/ou noradrenalina em regiões sinápticas do lobo frontal.

Consequentemente, o indivíduo com TDAH desenvolve falta de atenção, hiperatividade e impulsividade, dificultando o processo de aprendizagem. 

Quais são os prejuízos que o TDAH traz para a aprendizagem 

Primeiramente, hiperatividade é definida como o aumento da atividade motora, fazendo com quem tem TDAH fique quase que o tempo todo em movimento.

Já a impulsividade é a forma com que o indivíduo que tem TDAH reage ao mundo.

Assim, no caso deste transtorno, pequenas coisas despertam grandes emoções e reações .

Por fim, nas pessoas com TDAH, predomina a atenção espontânea, ou seja, elas não conseguem prender a atenção por muito tempo em um mesmo foco.

Consequentemente, a aprendizagem fica em prejuízo, pois em muitos casos a falta de atenção é problemática.

7 dicas para ajudar o aluno com TDAH na aprendizagem

Aproximadamente 5% das crianças e adolescentes brasileiros têm TDAH, sendo que 250 mil delas não sabem que sofrem dos efeitos do transtorno.

Igualmente, quando se trata de educação, a família e os amigos contribuem muito no desenvolvimento do aluno com TDAH.

Porém, os cuidados em sala de aula também são essenciais para que o processo de aprendizagem ocorra naturalmente.

Assim, separamos 7 dicas para ajudar o aluno com TDAH na aprendizagem. Confira!

  • 1. Para a manutenção da atenção

Em primeiro lugar, use a criatividade, contextualizando o assunto para que o aluno consiga identificar sua importância.

Utilize gráficos, sinais auditivos, questionamentos orais, canetas coloridas, etc.

  • 2. Organização da sala de aula

Mantenha o aluno TDAH sentado nas primeiras carteiras, deixando sobre elas apenas o material necessário para realizar as atividades.

Assim, não deixe que o aluno TDAH sente perto de janelas e portas.  

Todavia, os equipamentos audiovisuais são essenciais.

Assim, utilize gráficos, sinais auditivos, filmes, animações, clipes animados, além de jornais, revistas, gibis, jogos de tabuleiros, desenhos, entre outros.

  • 3. Use e abuse de estímulos sensoriais

Esses estímulos ajudam na manutenção da atenção.

Desse modo, uma boa dica são tablets, computadores, entre outros.

  • 4. Incentive o aprendizado participativo

Implante sistemas de monitoria, em que o aluno com TDAH possa ensinar outros.

Monte equipes de estudo e estimule a pesquisa prévia. 

Mais algumas dicas para ajudar na aprendizagem do aluno com TDAH

  • 5. Comunicação

Use instruções e comandos claros e breves.

Evite enunciados longos, use melodias e ritmos. Use sinais, elogios e reforços para períodos de transição. 

  • 6. Tarefas de casa

Para garantir que o aluno faça a tarefa de casa, divida-a em blocos e deixe por último a principal.

Desse modo, oriente que ela faça as tarefas em local apropriado, nunca deitado na cama, por exemplo.

  • 7. Incentive as atividades físicas

São a oportunidade que muitos alunos TDAH têm de brilhar e se destacar.

Consequentemente, elevando sua autoestima, abalada às vezes por notas baixas e rendimento inferior em sala de aula.

Além disso, as atividades físicas são ótimas para controlar a impulsividade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu

Av das Américas, 500 – Bloco 13B – Sala 320 Shopping Downtown
Barra da Tijuca – RJ, 22621-090

© Copyright Clínica Neide Barros 2021. Todos diretos reservados.