Blog

Brincar e aprender sobre emoções

Compartilhe nas redes sociais

IDENTIFICAR e EXPRESSAR EMOÇÕES

As situações cotidianas exigem o conhecimento das próprias emoções e maneiras adequadas de expressá-las. Dessa forma, aprender a identificar e a lidar com as emoções é bastante importante para o desenvolvimento das crianças. As brincadeiras pro­ postas nesse tópico enfocam o autocontrole e a expressividade emocional, visando levar a criança a:
•Identificar e reconhecer emoções;
•Nomear as emoções identificadas;
•Expressar emoções;
•Identificar situações e ações relaciona­ das à expressão de emoções;
•Conversar sobre a expressão de senti­ mentos por meio do rosto;
•Reconhecer e demonstrar seis tipos de expressões faciais (alegria, tristeza, rai­ va, surpresa, nojo e medo);
•Desenvolver estratégias para autocontrole.

Brincadeira : Caretas em frente ao espelho
Tempo para realização: de 5 a 10 minutos
Proponha ao seu filho que ambos demonstrem algumas expressões faciais, ou seja, expressem diferentes sentimentos pelo rosto. Essa brincadeira pode ser feita na frente de um espelho, pois possibilita que seu filho veja suas próprias expressões faciais e as avalie junto com você.
Lembre-se: você é um modelo para seu filho, por isso deverá representar as expressões faciais o melhor possível. Além disso, é importante que você acompanhe o desempenho dele, elogiando suas expressões faciais quando elas representam bem os sentimentos ou pedindo mudança/correção das expressões que não demonstraram bem os sentimentos.
FAZENDO AMIZADES

O estabelecimento de amizades é bastante importante para o desenvolvimento social na infância. O relacionamento com os amigos propicia a vivência de um ambiente cooperativo e recíproco, no qual os problemas os conflitos são superados com mais facilidade. Nas relações de amizade, as crianças aprendem a conviver com os outros e a se comportar socialmente.
Fazer e manter amizades não são tarefas simples para as crianças, pois depende de várias habilidades. Por isso, as brincadeiras abaixo pretendem ajudá-lo a ensinar seu filho habilidades importantes para estas tarefas
O objetivo dessas brincadeiras é ensinar à criança as seguintes habilidades:
•Apresentar-se para os outros
•Fazer e responder perguntas
•Iniciar e manter conversas
•Elogiar e aceitar elogios
•Oferecer e pedir ajuda
•Mostrar-se cooperativa com as pessoas
•Agradecer
•Seguir regras propostas por grupo de amigos.

Brincadeira: Teatrinho
Para realização da brincadeira , antes você e seu filho devem criar juntos os personagens que imitarão nas histórias sugeridas
Os personagens podem ser animais de brinquedo ou fantoches ou desenhos ou sucata.

Ao terminar de fazer as escolhas dos personagens , leia a história abaixo que conta o início de uma amizade entre os animais para seu filho. Explique a ele que vocês brincarão de fazer os personagens da história conversar, imitando suas falas.
Além das falas da história, faça e também incentive seu filho a fazer perguntas do tipo: “O que você gosta de fazer?”, “Você vai à escola?”. Procure também imitar os personagens elogiando uns aos outros, por exemplo, “Você joga basquete muito bem!”, “Você teve uma ótima ideia!”, “Vocês são muito legais!”

Brincando na praça!
O cachorro estava passeando pela praça . Quando passou perto da lago, viu o coelho e o pato brincando. O cachorro ficou com vontade de brincar também. Então, ele teve a ideia de tentar ficar amigo dos dois. Assim, poderia brincar com eles.
O cachorro disse para o coelho e o pato: “Olá! Meu nome é Barto . Qual o nome de vocês?”.
O coelho respondeu: “Meu nome é Pink”.
O pato disse: “Meu nome é Zug. O que você faz por aqui?”.
O cachorro respondeu: “Eu estava sozinho em casa, sem fazer nada. Então, resolvi sair para dar uma volta e ver se eu encontrava alguém para conversar. Foi muita sorte ter encontrado vocês!”.
O coelho perguntou: “Você mora sozinho, Barto?”.
O cachorro respondeu: “Não! Eu moro com meus pais, mas durante o dia eles trabalham e eu fico sozinho”. O pato falou: “Eu também não tenho irmãos.
Por isso, toda tarde combino de encontrar com o Pink para brincarmos”.
O cachorro perguntou: “Eu poderia brincar junto com vocês?”.
O coelho respondeu: “E claro! Vai ser muito bom termos mais um amigo”.
Fazendo amizades
O pato falou: “Então, vamos voltar a jogar bola. Se bem que, agora que estamos em três, podemos brincar de pular corda também”.
O coelho disse: “Ótima ideia! !”.
O cachorro falou: “Eu posso começar pulando se vocês concordarem”.
O pato falou: “Isso! Você pode começar Barto , mas quando errar trocamos de lugar, certo?”.
O cachorro respondeu: “Combinado!”.
O coelho disse: “Ah, vamos começar bem devagar e depois vamos aumentando a velocidade da corda”.
Os três passaram o resto da tarde brincando juntos e ainda combinaram de se encontrar no outro dia à tarde para brincar de novo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu

Av das Américas, 500 – Bloco 13B – Sala 320 Shopping Downtown
Barra da Tijuca – RJ, 22621-090

© Copyright Clínica Neide Barros 2021. Todos diretos reservados.